NÃO atendemos UNIMED
ou outros convênios

Dermatologia Clínica

Raios solares e a pele

Raios solares e a pele. Na época em que o homem ainda era um ser pré-histórico, a distinção de classes e sexos era evidente e imutável: entre os homens, existiam duas categorias: a dos caçadores e a dos coletores. Os homens mais fortes e com melhor físico eram responsáveis por partir em busca de alimentos, realizando caçadas e trazendo alimento para a tribo.

No entanto, os homens que não dispunham desse vigor trabalhavam na coleta de frutas e outros alimentos, possuindo também a importante tarefa de criar e alimentar o fogo, que garantia uma distância segura dos animais perigosos e mantinha todos aquecidos dentro da caverna.

Já as mulheres eram responsáveis por tarefas mais cuidadosas, como fazer a seleção das frutas, cuidar da carne que era trazida das caçadas e – claro – ajudar a espécie a aumentar, carregando futuros homens e mulheres em seus ventres. Então, talvez por as mulheres terem de pensar não só em si, mas também nos filhos e filhas que estavam em sua barriga, talvez por isso as mulheres tenham acostumado a se cuidar mais.

E esse hábito perdura até os dias de hoje. Mulheres vão com mais frequência aos médicos. Mulheres fazem exames com maior frequência. Mulheres tratam corretamente e até o fim as doenças que as acometem. E mulheres cuidam da saúde e da beleza muito mais do que os homens. E – analisando todo esse cenário – não é surpreendente que a longevidade das mulheres normalmente sempre seja maior do que a longevidade dos homens.

Um hábito que os homens precisam aprender com as mulheres é o uso do filtro solar. Não se trata de uma frescura ou de uma preocupação estética: é comprovado cientificamente que o uso do protetor solar ajuda a prevenir queimaduras do sol, evitar o surgimento de sardas, retardar o envelhecimento precoce (que aparece na forma de pele flácida, manchada e cheia de rugas) e – o mais importante de todos: o protetor solar ajuda a prevenir casos de câncer de pele.

Por isso, lembre-se sempre da relação que existe entre os Raios solares e a pele. Para que você nunca mais se esqueça de passar protetor solar, aprenda sobre os diferentes tipos de Raios do Sol que existem, logo no parágrafo a seguir. lembre-se sempre da relação que existe entre os Raios solares e a pele.

Existem dois tipos de Raios solares que incidem sobre a pele: os raios solares UVA e os raios solares UVB. A primeira categoria, dos raios solares uvA é a mais perigosa, porque atinge diretamente as camadas mais profundas da pele, que é onde normalmente começam a se desenvolver os melanomas (câncer de pele). Para evitar os raios uvA, use sempre filtro solar e evite se expor ao sol no período entre as dez da manhã até as quatro da tarde, que é quando existe a incidência em grande escala de raios uvA.

Já os raios solares uvB também atingem a pele, mas causam danos prioritariamente na camada superficial da pele.

Fique atento, cuide da sua saúde e aproveite assim uma boa relação entre os Raios solares e a pele.

Raios solares e a pele

Dra Rafaela Salvato Dermatologista em Florianópolis SC – Raios solares e a pele.