NÃO atendemos UNIMED
ou outros convênios

Depilação a Laser

depilação a laser florianopolis sc

A depilação a laser vem conquistando cada vez mais mulheres e homens que já não aguentam mais a rotina de depilação com lâminas ou as doloridas sessões com cera.

Esta técnica não é definitiva, mas promove uma epilação ou remoção duradoura dos folículos. A durabilidade do tratamento depende da resposta individual, mas em geral bloqueia o crescimento em torno de 80% a 90% dos pêlos tratados. O número de sessões depende da quantidade e do tipo de pêlo tratado, além do tipo de equipamento utilizado. Equipamentos mais modernos e de uso restrito médico costumam ter potência mais elevada e por isso necessitam de um número menor de sessões. A manutenção pode ser feita uma a duas vezes ao ano após o fim do tratamento, de acordo com a genética de cada pessoa.

Indicações para a depilação a laser

– Adultos sem contra-indicações aos tratamentos a laser

– É muito indicada nos casos de pseudofoliculite, os famosos pêlos encravados que machucam e mancham a pele. Pode surgir em qualquer parte do corpo, sendo mais comum na virilha, axilas, pernas e rosto, especialmente dos homens na rotina de se barbear.

Como funciona a depilação a laser

A depilação a laser ou epilação a laser como é chamada no termo médico é uma técnica simples, porém delicada. Como o laser é atraído pela melanina dos pêlos, os mais escuros tem resultados mais eficazes, enquanto os mais claros demoram mais para desaparecer. Isso ocorre porque o pêlo claro possui menos pigmentos do que os mais escuros, o que ocasiona uma quantidade menor de energia atraída pelo laser.

As sessões são realizadas mensalmente e o número varia de acordo com o tipo de pêlo, área a ser tratada, cor da pele, etc. Pêlos escuros em peles claras respondem mais rapidamente. Com os lasers mais recentes e com a técnica adequada, podem ser utilizados inclusive em peles negras.

Também deve-se levar em consideração a cor da pele. Peles escuras dificultam a ação do laser diretamente nos pêlos, pois também contêm uma grande quantidade de melanina, diminuindo assim, a quantidade de energia absorvida pelo folículo e podendo causar queimaduras na pele.

Ainda não há respostas positivas no tratamento a laser em pacientes com pelos brancos, pois a ausência de melanina na haste do pêlo dificulta a ação do laser. Para o tratamento dos pêlos brancos, no entanto, outras opções podem ser sugeridas, como a eletrólise.

Cuidados com a depilação a Laser

– Consulte um dermatologista e tire todas as suas dúvidas sobre o tratamento a laser antes de prosseguir. Somente um médico saberá o melhor tratamento para o seu tipo de pele.

– É essencial a procura de um profissional especializado com equipamentos de qualidade e eficiência reconhecidas, assim evitando possíveis danos a pele como manchas e queimaduras.

– Evite tomar sol uma semana antes do tratamento, respeitando o intervalo de duas semanas sem sol depois do tratamento.

Peles morenas, bronzeadas ou negras, devem ter o cuidado redobrado, pois, tem uma tendência maior a ficarem manchadas após uma sessão a laser.

Rafaela Salvato Dermatologia – Dermatologista em Florianópolis – Depilação a Laser