NÃO atendemos UNIMED
ou outros convênios

Notícias

Dermatologia Clínica: O que é?

A Dermatologia Clínica é a área da dermatologia que tem como foco as doenças que afetam a pele, os cabelos e as unhas. Desde 1797, com o médico Robert Willian, que escreveu a primeira literatura da dermatologia, a medicina tem cada vez mais se preocupado com questões relacionadas à pele, já que este é o maior órgão do ser humano, com aproximadamente 2 metros quadrados em um homem adulto.
A Dermatologia Clínica tem como especialidade os tratamentos fisiopatológicos, desde tumores a infecções e inflamações, como a acne, por exemplo. O dermatologista pode se especializar em diversas áreas, dentre elas a Dermatologia Estética, Dermatologia Clínica e a Cirurgia Dermatológica, na qual o médico realiza cirurgias na pele, nas unha e no couro cabeludo.
Dentre os principais tratamentos realizados pela Dermatologia Clínica, temos:
Acne: cravos, espinhas e lesões formam um conjunto de características agrupadas e conhecidas como acne. A acne pode se manifestar em diferentes estágios e os tratamentos são baseados de acordo com a sua gravidade.
Câncer de Pele: o dermatologista pode examinar e avaliar lesões suspeitas, indicando assim a sua retirada cirúrgica. Quanto mais cedo identificar o problema, maiores são as chances de controle e resultados positivos no tratamento. Embora o câncer possa acometer qualquer pessoa, aquelas que possuem pele e olhos claros, se expõe ao sol sem proteção adequada, fazem bronzeamentos artificiais em câmaras bronzeadoras e têm históricos familiares são as mais propensas.
Dermatoses Virais: causadas por vírus, manifestam-se de diversas formas como verrugas vulgares, herpes simples, herpes zoster, dentre outras.
Dermatite Atópica: inflamação crônica, mais comum em quem possui asma, rinite alérgica ou urticária, pode ter relação genética e geralmente inicia ainda na infância.
Dermatite Seborréica: inflamação crônica da pele, com descamação (comumente conhecida como caspa) e vermelhidão principalmente no couro cabeludo e na face.
Estrias: causadas pelo estiramento e rompimento das fibras, aparecem com frequência em mamas, coxas, bumbum, braços, etc.
Melasma: manchas acastanhadas na pele, principalmente no rosto. A causa exata não está bem definida, mas está relacionada a fatores hormonais como o uso de anticoncepcionais hormanais, gravidez e exposição solar sem a devida proteção.
Queda de Cabelo: várias são as causas que podem levar à queda de cabelo. O acompanhamento de um dermatologista é essencial para um correto diagnóstico e consequentemente o tratamento adequado.
Hiperidrose: suor excessivo principalmente nas mãos, pés, axilas e virilhas. O dermatologista pode fazer o acompanhamento clínico inicial, sugerir tratamentos e também avaliar quando a cirurgia corretiva for necessária, encaminhando assim para um cirurgião especializado.
Vitiligo: manchas brancas no corpo de causa não muito bem estabelecida, porém acredita-se estar ligado a doenças auto-imunes. Não é contagioso e é uma doença crônica. O dermatologista é o especialista indicado para o seu diagnóstico, tratamento e acompanhamento.
Psoríase: doença inflamatória crônica sem cura, porém com diferentes tratamentos que podem controlá-la e melhorar a qualidade de vida de seus pacientes. O correto diagnóstico e também um tratamento adequado são essencias para a diminuição das placas avermelhadas e descamativas, comuns tanto na pele como no couro cabeludo.
Outros pacientes ainda procuram a Dermatologia Clínica para tratar unhas fracas, olheiras, rosácea e micoses (pés, unhas e cabelos). Muitos são os tratamentos já disponíveis no mercado e o dermatologista irá recomendar o melhor deles após os exames, a avaliação do quadro clínico e as necessidades do paciente.
Dra. Rafaela Salvato – Dermatologista em Florianópolis – Santa Catarina – Dermatologia Clínica
dermatologia clínica