NÃO atendemos UNIMED
ou outros convênios

Notícias

Alergia na Pele

Alergia na Pele. Se você espirra quando entra em uma casa de livros usados, faz parte do clube. Se você fica com a pele vermelha quando um inseto pica você, bem vindo ao clube. Se você já comeu um alimento que fez surgir em sua pele bolinhas vermelhas ou te deixou com uma sensação de queimação, já é um membro do clube. E se você não pode usar determinados medicamentos, produtos de higiene, produtos de limpeza ou alimentos, já deve ser um membro honorário do clube.

Nesse momento você deve estar se perguntando: ”que clube é esse?”. Respondemos: esse é o clube da alergia, em que – ao contrário dos outros clubes – as pessoas não ficam muito felizes em fazer parte. Mas não há o que fazer: se você é alérgico a alguma coisa, deverá se contentar com o tratamento, porque ainda não existe cura para as alergias.

As pessoas desse clube são mais prejudicadas, porque a alergia ataca o maior órgão do corpo humano, a pele. Já imaginou como deve ser incômodo o seu corpo inteiro coçar, no meio de uma reunião de trabalho? Porque se você começara espirrar sem parar, tem um motivo para sair da sala. Mas e se ninguém pode ver a alergia na sua pele, que está coberta de roupas, como você irá pedir uma licença para se coçar? Difícil, não?

Para evitar que você sofra com uma alergia de pele, separamos algumas dicas, que você deve ler com atenção. No entanto, lembre-se sempre de procurar um médico dermatologista, porque apenas ele poderá dizer o que é melhor para o seu caso.

Evite o contato com aquilo que faz mal a você.

Existem duas maneiras de saber o que causa sua alergia na pele: a primeira é fazendo um teste alérgico, em que diversas substâncias, em pequenas doses, são colocadas em contato com sua pele, para que a reação seja analisada. A segunda é vivendo. Basta lembrar-se das vezes em que sua pele piorou. Você ficou com alergia de pele quando foi à casa de praia? Então pode ser que o pó faça mal a você.

Banho quente? É bom evitar.

A água quente resseca a pele. E pele seca está mais suscetível à alergia de pele. No inverno é difícil tomar banho gelado, por isso a dica é tomar banhos na temperatura mais baixa que conseguir. Se isso for muito difícil, diminua o tempo do banho e use um hidratante depois que se enxugar.

Não se descuide dos tratamentos.

Procure um médico para descobrir como tratar a sua alergia na pele. Assim você evita que ela se transforme em um problema crônico e fica mais longe de alguns apertos, como aquela coceira que bate quando você está em um lugar público ou em uma importante reunião – conforme já citamos.

alergia na pele dermatologista

Dra. Rafaela Salvato Dermatologia Clínica – Alergia na Pele